rede sociais


Acesso Membros

Teste de evento

Voltemos à idéia de matizes oriundos de diferentes meios sociais influindo na concepção que temos da psicanálise, truísmo que, como tal, não necessita demonstração. É evidente a tradição racionalista da psicanálise francesa, a par da influência da tradição hegeliana assumida pelos pós-lacanianos. Também é fácil constatar a influência do empirismo, tradição filosófica hegemônica inglesa, sobre o pensamento psicanalítico nesse meio. O mesmo se pode dizer do matiz pragmático da psicanálise norte-americana. Também se observa a perplexidade, quanto à sua tradição, do pensamento psicanalítico alemão no pós-guerra, saindo traumatizado da experiência nazista. Aliás, a própria entrada da prática analítica em um meio dependerá tanto das ideologias em vigor quanto das tradições presentes. Quando na URSS stalinista se faz hegemônica a idéia de que o homem é produto do meio, obviamente não há mais campo para as ciências da subjetividade. O meio de cultura para o cognitivismo e o comportamentalismo está instituído. Não deixa de ser uma ironia que nestes tempos pós-muro de Berlim, auge do triunfo da economia de mercado, essas ideologias se apresentem novamente com todo o vigor. Tempos de consumo e aparência requerem rapidez de desempenho, e neles o positivismo se mostra o mais apto a exercer as funções da consciência. Paradoxalmente, na Alemanha nazista a psicanálise teve grande desenvolvimento. Numerosos ambulatórios foram implantados, inclusive para as classes mais pobres, tudo sob a égide do Instituto Goering. Obviamente, como se apregoava na época, a psicanálise estava depurada dos espíritos fracos: os judeus e as mulheres. Como a ideologia vigente no momento se detinha sobre a alma alemã, essa formulação permitia conceber sofrimentos do espírito. Práticas psicoterápicas se tornaram bastante comuns, mas depuradas também das teorias da sexualidade infantil.

calendário de eventos

« Junho 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    

Formação Psicanalítica

A formação psicanalítica é oferecida a médicos e psicólogos graduados, registrados nos respectivos Conselhos Regionais.
A aceitação de profissionais graduados em outras áreas do conhecimento humano ficará a critério da Comissão de Ensino.

ler mais

publicações

ide 59 Morte da Palavra?

Flávio Carvalho Ferraz Membro do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae e livre-...

Número 85